Gravidez planejada: 6 dicas para se preparar para a gestação

Você e seu companheiro perceberam que está na hora de começar a trabalhar para ter uma gravidez planejada. Mas, será que vocês estão mesmo preparados para isso? Confira nossas do que não pode faltar para planejar uma gestação.

Acompanhe seu ciclo

A primeira dica para uma gravidez planejada é descobrir quando você ovula. É possível fazer isso sozinha, conhecendo o seu ciclo menstrual.

Tenha relações com o seu parceiro três dias antes da ovulação até depois a data prevista. Se suas últimas menstruações têm sido irregulares, é mais difícil identificar o período fértil. Nesse caso, mantenha relações sexuais sempre.

É importante relaxar e curtir o momento de muito namoro. As chances de concepção aumentam se você não está estressada. Isso porque o hipotálamo (que produz os hormônios da ovulação) funciona melhor com você tranquila. E não desista nos primeiros meses, perseverança.

Veja abaixo as dicas do ginecologista e obstetra José Leal sobre dificuldades para engravidar:

Corte os vícios

Para uma gravidez planejada saudável, corte o álcool e o cigarro. O parceiro pode acompanhá-la, pois, utilizar tais substâncias afeta a geração de espermatozoides. Além disso, mamãe e papai devem ter alimentações balanceadas. Nutrientes essenciais equilibram o corpo e a saúde.

Importante: Fumar e ingerir álcool durante a gravidez é prejudicial; mães que fumam ou bebem podem gerar bebês com problemas cardíacos ou deficiência mental. Para ter uma boa gravidez planejada, pare de fumar e reduza o consumo de álcool.

Mulher, visite o ginecologista

Visitar o ginecologista é tão importante quanto cortar os vícios, para uma gravidez planejada saudável. Caso você tenha endometriose, diabetes ou inflamação pélvica, o médico poderá ajudar a controlar essas condições.

Confira as principais dúvidas da gestante, de acordo com o ginecologista e obstetra José Leal:

Homem, visite o urologista

Tão importante quanto a mulher procurar o ginecologista é o homem buscar o urologista. Muitas vezes, uma gravidez planejada pode não dar certo, devido à algum problema relacionado à saúde do homem.

Confira a opinião do urologista, Rogério Saint Clair, sobre o assunto:

Cuidado com os produtos químicos

Evite produtos químicos: xampus, inseticidas, produtos de limpeza ou cosméticos. Mantenha distância de produtos que tenham substâncias tóxicas que podem ser nocivas para você e o feto. Prefira produtos orgânicos ou naturais.

Planeje a vida financeira

A vida de um casal muda muito com a gravidez planejada e, portanto, é bom ter um plano de ação que cuide das finanças. Ter um bebê implica em muitos gastos com enxoval, fraldas, alimentação, remédios e escola, no futuro.

Se o casal fizer um planejamento financeiro consciente, poderá aproveitar esse momento maravilhoso sem maiores preocupações com a questão financeira.

Você sabia? Na gravidez, no mínimo cerca de 20% do orçamento familiar fica comprometido com cuidados destinados à criança. No primeiro ano de vida essa porcentagem sobe para 25% e vai aumentando conforme a criança cresce.

Entenda mais sobre o assunto com o consultor financeiro, Eduardo Costa:

 

Se você e seu parceiro decidiram ser pais, comecem a se preparar. Planejem tudo e curtam esta deliciosa experiência de forma mais prazerosa. Não há nada comparado a alegria de ser mãe pai!

Precisa de inspiração para decidir se quer, ou não, uma gravidez planejada? Veja a história da mamãe Fabiana Visacro:

Compartilhar: