Como lidar com as emoções do pai na gravidez?

A descoberta da gestação é um momento muito marcante na vida da mulher e do homem. Apesar de os holofotes geralmente estarem voltados para a mãe nesse momento, é preciso se lembrar de que as emoções do pai na gravidez também contam.

De uma hora para outra, você e sua mulher descobrem que estão grávidos, e então, você, pai, se pergunta o que será daqui para frente, não é mesmo? Afinal, não há nada mais gostoso do que ter um filho. Sabe o que muda?

Os vínculos do casal aumentam, na mesma proporção que as responsabilidades, com a chegada da criança. Mas, ao mesmo tempo, o pai pode se sentir um pouco perdido na gravidez.

E, por isso, é muito comum que o homem sofra de instabilidade emocional. Na verdade isso é esperado, pois trata-se de um processo novo na vida dele.

Antes de lidar com as emoções do pai na gravidez, é preciso entender um princípio básico: você não é mais o centro das atenções. Como assim?

Princípios básicos para o pai de primeira viagem

Se você era o centro das atenções quando se casou com sua esposa, se prepare, pois isso irá se inverter nos próximos meses. O foco da futura mamãe, de agora em diante, é no bebê e em sua saúde.

Além disso, sua companheira vai passar por meses de instabilidade emocional. Em um dia estará dócil, no outro triste ou muito sensível. Isso é normal, devido à variação hormonal durante a gravidez.

Dessa forma, com a perspectiva de que a sua vida mudará completamente, é preciso que você, futuro pai, gerencie corretamente suas emoções. Quer saber como? Confira as nossas dicas.  

Dicas para lidar com as emoções do pai na gravidez

Para lidar bem com os sentimentos durante a gestação é preciso ter paciência, tanto com a sua companheira quanto com você mesmo, por isso:

Compartilhe com a sua mulher seus medos e suas inseguranças

Isso vai permitir que ela não crie altas expectativas e não projete em você um pai que talvez ainda não esteja preparado a se tornar.

Quando falar de seus medos e inseguranças para a sua companheira, ela poderá perceber que você também precisa desabafar. Isso vai gerar cumplicidade, acordo e afeto entre vocês.

Procure participar de cada momento, da consulta médica ao parto.

Já é passado o tempo em que o homem era responsável unicamente pelo sustento da família. Hoje em dia, as tarefas são dividas entre marido e mulher, para que ambos participem do dia-a-dia da casa.

Dessa forma, a participação do pai na gravidez é fundamental e demonstra maturidade e interesse por parte do homem. Além disso, por acompanhar o progresso da gestação de perto, sentimentos de insegurança e medo podem diminuir consideravelmente.

Aos poucos você e sua companheira irão se acostumar com esta nova fase da vida e aprender, juntos, a lidar com as emoções de forma saudável.

 

Confira os detalhes de como lidar com as emoções com a psicóloga Adriany Gomes.

Compartilhar: