Enjoo na gravidez: possíveis causas e como evitar

Olá mamãe. Está grávida e tem tido muito enjoo? Entenda mais sobre o assunto e veja as dicas dos especialistas sobre enjoo na gravidez.

Ainda não existe nada que comprove porque algumas gestantes sentem tanto enjoo na gravidez e outras não. Mas há algumas hipóteses. Confira:

Possíveis causas do enjoo na gravidez

Uma das possíveis causas é que durante a gravidez, além do estrogênio, há a produção de um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (hCG).

O mal-estar pode acontecer porque o hCG atrasa a digestão, e o alimento gasta mais tempo para sair do estômago e chegar ao intestino. Especialistas dizem que nos três primeiros meses, este hormônio é liberado em maior quantidade, isso pode explicar o enjoo na gravidez. Mas, além disso há outro fator.

É preciso levar em consideração também os fatores emocionais. A grávida com certeza, está mais sensível e pode ter aversão a determinados alimentos e odores. Muitas vezes, somente de sentir o aroma deles, vem o enjoo, não é mesmo?

Quanto a isso, fique que despreocupada. Pesquisas afirmam que mulheres que sentem muito enjoo na gravidez correm menos risco de partos prematuros ou de terem bebês abaixo do peso ideal. Apesar de ser normal sentir esse mal-estar, você a gestante pode evitá-los.

Como?

Como evitar enjoo na gravidez?

Para evitar enjoo na gravidez, especialistas indicam:

  • Ingestão de pequenas porções nas refeições;
  • Evitar passar muitas horas sem comer;
  • Comer logo após acordar;
  • Evitar alimentos gordurosos e picantes;
  • Beber bastante líquido;
  • Praticar exercícios leves.

Os médicos aconselham, também, resistir aos doces, frituras e alimentos com condimentos, além de evitar laxantes e em hipótese alguma fazer o uso da automedicação.

Entenda mais sobre o assunto com a farmacêutica Rejane Tófani neste vídeo.

Compartilhar: