16 coisas sobre bebês que você precisa saber antes de engravidar

Existem algumas coisas sobre bebês que você e seu companheiro(a) precisam saber antes de tomar a decisão de engravidar. Será que vocês estão prontos para um recém-nascido? Essa resposta quem vai responder é você, ao final desta matéria.

Por isso, confira aqui 16 coisas sobre bebês que podem te ajudar antes de tomar essa decisão tão importante.

Sua vida vai mudar radicalmente

Radicalmente mesmo. As coisas que você costumava fazer, como chegar em casa após um longo dia e descansar, ou sair sozinho para fazer uma caminhada, serão substituídas por atividades que envolvam o pequenino.

Aliás, até mesmo ir ao banheiro e tomar banho serão rotinas diferentes na sua vida. Agora, com o neném, tudo deverá ser feito mais depressa e toda a atenção de sua vida será voltada para ele. Está preparado para isso?

O sono do bebê é o seu sono

Uma das coisas sobre bebês mais importantes é que o que mais tira o sono da mãe é o sono do bebê.

Portanto, durma quando o bebê estiver dormindo. Caso faça isso, você terá mais energia para os próximos meses. O mesmo vale para o pai, afinal, ele precisa estar bem disposto quando a criança acordar.

Bebês são muito emotivos

Os bebês têm necessidades físicas, psicológicas e emocionais. Eles exigem constante atenção em todos os sentidos, afinal, não estão preparados para se virar sozinhos.

Por este motivo é que eles são ainda mais carentes emocionalmente, o que é algo extremamente natural para eles.

Eles se expressam chorando

O choro do seu filho é a forma de comunicação mais usada por ele no começo da vida. E esta é uma das coisas sobre bebês que muitos pais não sabem, o que faz com que eles passem bastante aperto nos primeiros dias sozinhos com a criança.

Por isso, acostume-se. Se eles estão sozinhos, choram, se estão com fome, choram, se estão com calor também choram.

Bebês gostam de ser enrolados

Isso porque o ambiente apertado e quentinho os lembra do útero. Sim, eles têm lembrança sensoriais agradáveis de quando estavam na barriga da mamãe.

Portanto, caso ele entre em uma crise, embale ele e mantenha a sua temperatura, isso o deixará confortável.

É preciso dedicar muito tempo ao pequeno

Não só para as necessidades físicas, mas também para as emocionais. Conforme mencionamos, ele é muito emotivo, por isso é essencial passar bastante tempo com ele.

Portanto, aproveite para contar histórias, cantar melodias e brincar com ele. Essas atividades são valiosas para o seu desenvolvimento.

Eles não são gulosos

Os pequenos mamam apenas o necessário para se satisfazer, lembrando que eles estão em fase de crescimento. Geralmente, ele precisa se alimentar de duas a três horas. Deixe seu pequeno mamar assim que sentir necessidade.

Assim, ao longo de seu desenvolvimento, os pais poderão começar a definir horários para que a criança se alimente.

O leite materno é todo alimento de que ele precisa

O bebê não precisa de água e muito menos de comida. O leite materno é o único alimento de que ele precisa e não existe isso que chamam de leite fraco.

Aliás, você sabia que cada leite materno é desenvolvido especialmente para cada bebê? Mamãe, não fique insegura, o seu filho está recebendo todo alimento de que necessita.

O banho pode ser um momento difícil

Pode ser que seu filho demore um pouco a se acostumar aos momentos do banho. Por isso, nessas ocasiões prepare bem o ambiente, deixe tudo no local e conte com ajuda caso se sinta inseguro.

Não adianta dar bronca no seu bebê

Isso porque o pequeno ainda não tem a capacidade de decifrar o certo do errado. Após alguns meses é que ele começará a desenvolver a capacidade de discernir as coisas.

Portanto, neste momento, dispense as broncas e foque em dedicar todo o carinho do mundo a ele.

Sua casa toda deve mudar para recebê-lo

Objetos cortantes, pequenos e quinas pontiagudas devem ser devidamente guardados, reservados e envolvidos, assim como portas, vaso sanitário e gavetas bem vedadas, para a proteção da criança.

Além disso, você pode precisar abrir espaço na casa para acomodá-lo, bem como seus brinquedos. A última coisa com a qual vocês irão se preocupar agora é a decoração, acreditem!

Tenha muita paciência até a sexta semana de vida

Esta é uma das coisas sobre bebês que você provavelmente não sabia: até a sexta semana de vida, o bebê apenas irá reclamar.

Mas, não se sinta desapontado. Segundo o pediatra Christopher Tolcher, o pequeno “se sente consolado pelo pai ou mãe, ele se sente próximo deles e gosta de ser segurado.” Aguente firme, isso passa.

Não tenha expectativas sobre a aparência do seu filho

Vejam só, este é o pior tipo de expectativa que vocês, futuros pais e mães, podem ter. O bebê pode vir completamente diferente do que vocês imaginavam.

Inclusive, ele nasce inchado e pode ser que sua cabeça, no princípio, se apresente um pouco amassada, já que ele passou pelo canal vaginal no parto.

É preciso ter uma poupança

Bebês são caros. Fraldas, roupas, brinquedos, móveis, plano de saúde e tudo mais que puder entrar na conta irá entrar. Portanto, façam uma poupança para os gastos com ele.

Tudo é novidade para ele

Vento, sol, o toque dos pais ou de um desconhecido, cheiros e barulhos. Absolutamente tudo o que você imaginar, é novidade para o seu filho. Incrível pensar dessa forma, não é mesmo?

Por este motivo será necessário atenção e paciência redobrada com ele.

Uma das coisas mais importantes sobre bebês: tire tempo para você

Sabemos que é difícil encontrar tempo com um bebê novo para cuidar, mas o casal deve tente reservar um período para fazer algo que gosta. Afinal, ter um filho é extremamente cansativo e ele exige atenção total, mas vocês não devem deixar de relaxar uma vez ou outra.

Ter um filho é um grande desafio, mas, ao mesmo tempo, pode ser o trabalho mais satisfatório de sua vida. E se vocês estão decididos a ter um neném, mesmo sabendo de algumas das coisas sobre bebês que mais afligem os pais, parabéns!

Você é mamãe de primeira viagem? Fique por dentro do que muda na sua rotina de agora em diante.

Compartilhar: