Como lidar com os primeiros passos do bebê?

Ver os primeiros passos do bebê é um dos momentos mais emocionantes para os pais. A partir desse acontecimento, não vai demorar muito para que a criança saia correndo pela casa, pois ela já está ganhando força muscular e fazendo movimentos cada vez mais articulados.

Quando o bebê começa a dar os primeiros passos?

Quando seu filho começar a se sentar sozinho e a engatinhar, ele irá, naturalmente, criar movimentos para tentar se levantar.

Próximo de completar 8 meses, ele vai se arriscar a ficar de pé, se segurando em alguns móveis. E, em algum momento, ele irá soltar as mãos e tentar se equilibrar sozinho.

Pronto! Com alguns dias e um pouquinho mais de confiança, vocês poderão presenciar os primeiros passos do bebê. Mas, atenção. Com a nova conquista também vêm os perigos.

Como evitar acidentes nesta fase?

  • Supervisione o bebê sempre que puder;
  • Não o deixe perto de escadas sozinho;
  • Não o deixe perto de mesas e móveis nos quais ele pode bater a cabeça;
  • Não deixe objetos perigosos ao seu alcance;
  • Reforce a proteção no berço, pois ele pode tentar pular as grades.

Uma boa opção é comprar os chamados chiqueirinhos para criança, já que são grandes e espaçosos para brincar e experimentar a nova habilidade. Além disso, vale dar atenção especial aos calçados que seu filho está usando.

Calçados ideais para os primeiros passos do bebê

Aparência não deve ser o principal atributo na hora de se comprar o calçado do seu filho. É preciso levar em consideração conforto, leveza e flexibilidade. Os sapatos certos podem fazer muito pelo desenvolvimento da criança, pois a ajuda a andar melhor e se sentir mais segura na hora das brincadeiras.

Até o oitavo mês de vida, o sapato é apenas mais um acessório que acompanha a roupa. Nesta idade, é aconselhável que o pé fique bem confortável. Priorize materiais de lã e tecidos leve com solado pouco resistentes. Mas, ao observar os primeiros passos do bebê, compre calçados que dão firmeza ao pé.

A sola do sapato precisa seguir os movimentos do pé durante o andar, principalmente na hora em que a criança deposita seu peso nos dedos. Por isso, opte por solas de borracha e evite as fabricadas em couro ou madeira. É importante, também, que a sola do calçado tenha ranhuras. Essa textura cria atrito entre o calçado e o solo, evitando que o pequeno escorregue.

Alguns pais costumam comprar um andador quando observam os primeiros passos do bebê. Mas será que o andador é realmente indicado? Veja o que a pediatra Karina Azevedo tem a dizer sobre o assunto:

Compartilhar: